31 de março de 2011

Pro dia nascer melhor...




Pois que é tão breve o tempo de ser
Pois que é tão raro o instante de agora
Sentir tão somente me rouba de mim
E eis que não tenho mais tempo sem mim
Posso, bem sei, ser mais que palavras
Mais que um sentir castrador do meu tempo
Meu viver não cabe mais na ilusão
Meu viver, sobretudo, quer voltar a ser meu
E por isso despertei pra esse dia
Com um novo olhar sobre mim
A medir-me em silêncio
E dizer quão sou grande...

Lai Paiva


2 comentários:

  1. Uau
    Mas quanta intensidade.
    Adorei, Lai.
    Meu abraço.

    ResponderExcluir
  2. Sam, é que sou intensa mesmo, até demais.... Bjs querida.

    ResponderExcluir