10 de fevereiro de 2010



Quisera ser minha
Eu de mim mesma
Dona do meu sentir
Alvo do meu querer
Porto pro meu lugar
Música do meu cantar
Poesia pra minha paixão
Lágrima da comoção
Tudo do meu desejo
Eu, que me escrevo
Esta que são tantas
Queria que eu fosse minha
Mais minha que sou dele...
.
Lai Paiva

10 comentários:

  1. parece letra do Kid Abelha... Gostei demais. bjs

    ResponderExcluir
  2. E é? rsrsrsr Brigadinha querido. Bjs

    ResponderExcluir
  3. É um lindo poema de amor, Lai.

    Não sei bem porque me veio a cabeça um texto de Buda que li há muito tempo atrás. Se bem me lembro, dizia que tudo está dentro de nós. É só relembrar.

    Muito mais profundo que a Paulinha Toler...rss
    bjcas
    Rossana

    ResponderExcluir
  4. Rossana querida, obrigada. Mesmo. Bjs rsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Que seja, então, mais sua
    para que ele só venha
    como complemento
    do que já é íntegro.

    Gostei do poema, Lai, muito bonito!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Larinha, sempre tão perfeita nas colocações. Obg querida. Bjs

    ResponderExcluir