22 de fevereiro de 2010

Estava pensando no que quero...

Quero mais é sorrir da tristeza
Me despedir da saudade
Fechar os braços pra desilusão
Caminhar com passos de contentamento
Dar de ombros pra solidão
E alcançar a minha felicidade
Quero mais é não querer mais assim
O que não quer ser bem quisto
E que pouse em minha boca
A delícia de se viver...
.
Lai Paiva

9 comentários:

  1. PROVERBIALMENTE: querer é já ter percorrido metade do caminho... belíssimo texto... e belos os quereres ali explícitos... ;)

    ResponderExcluir
  2. BRAVO! Belíssimo Lai! me deixou emocionada... "que pouse sempre em nossas bocas a delícia de se viver"!

    ResponderExcluir
  3. Que perfeito!! Quero muito que você consiga tudo que citas em teu poema e com certeza será em breve.

    ResponderExcluir
  4. Francisco, pois é, estou começando a percorrer este caminho...

    Mé, obrigada minha querida. Que venha a vida seja sempre doce pra nós!!!

    Pri, desejo o mesmo pra vc, minha querida. De coração. Obrigada. bjs

    ResponderExcluir
  5. levanta sacode a poeira e ja deu a volta por cima

    ResponderExcluir
  6. Apetece-me pintar a musica
    Que me afaga a alma, desperta os sentidos
    Apetece-me pintar-te o sorriso
    Unir-te aos meus anseios antigos

    Uma tela, universo ávido de um deus
    Será o pintor o criador da cor do dia?
    Um salteador das sombras da noite?
    Ou apenas um semeador da nostalgia

    Boa semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  7. Profeta, lindo. Obrigada. Boa semana pra vc tb. Bj

    ResponderExcluir
  8. Eu também fiquei EMOCIONADA, Lai, querida!
    Que orgulho teu e das tuas aprendizagens!

    Parabéns, minha linda.

    E um beijo SUPER carinhoso.

    Talita.

    ResponderExcluir