24 de abril de 2011

...




(Klimt)

Ainda é tão cedo
E já parei de sonhar
Mas que sonhos hão de ser meus
Se não há motivos pra tê-los
Eu não estou mais onde estive
Nem sei se um dia estarei
Sonhar me parece tão caro
Eu me pareço tão frágil
Pra esses dias sem sonhos
Que se mostram pra mim
Como sendo tão meus...

Lai Paiva



2 comentários:

  1. Muito bom, forte, intenso...
    despido!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Zé querido, seni sua falta por aqui. Não deixe de vim. Beijo e obrigada!

    ResponderExcluir