1 de setembro de 2009

(Renne Magritt)


Me parecem tão impróprias
Algumas pessoas para amar
Querer, acolher, nutrir
Me apaixono, desejo perto, amo
Lembro e sou esquecida
Quero e não as recebo
Me escapam e morrem pra mim
As pessoas impróprias
Para os meus sentimentos
Amigos, amantes, amores
Parentes, conhecidos, professores
Sempre os encontro comigo
Em meio às minhas palavras
Que escrevo para não serem lidas...

Lai Paiva

2 comentários:

  1. Que lindo, Lai!
    Sim, há pessoas impróprias...

    Bjo!

    ResponderExcluir
  2. Se tem Talita, se tem, mas o bom é que as pessoas próprias compensam. Bj

    ResponderExcluir