17 de janeiro de 2011

Visto-me assim...

(Adrian Borda)

Não sabia o que usar
Pra encontrar novos sorrisos
Lá fora, alí, acolá
Usei os velhos olhares tímidos
Que escondem as palavras
Perdidas atrás dos meus lábios
Enfeitados com ilusões
E saí pros sorrisos
De olhares abertos
E esperanças flutuantes
A cobrí-los de um brilho incomum...

Lai Paiva


3 comentários:

  1. Minha querida, muito obrigado pelo comentário, muito obrigado por me traduzir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Belo post!

    Belo blog!!!

    Gostei muito...

    Parabéns, voltarei aqui mais vezes...

    Convido vc a conhecer meu trabalho (poesia, teatro, música)...

    Ficaria muito feliz!!!

    http://mailsonfurtado.com

    ResponderExcluir