29 de março de 2010

Perto demais de mim...



Estou perto demais de mim
Dos meus impulsos inimagináveis
Dos meus sentimentos exacerbados
Perto dos meus instantes insanos
Dos meus momentos de reclusão
Perto das minhas alegrias de criança
E das descobertas de adulta
Unida à mim como versos de um poema
Numa métrica impecável
Caso-me comigo mesma a cada dia
Renovo meus anseios, meus desejos
Minhas dores e meus amores
E cada vez mais perto de mim
Perto demais de mim
Eu me percebo
E percebo que nunca
Em outro momento
Eu fui tão minha assim
Eu estive tão perto e dentro de mim mesma...
.
Lai Paiva


5 comentários:

  1. Porque a autocontemplação é fundamental

    ResponderExcluir
  2. É sempre uma descoberta maravilhosa e surpreendente! beijos mil!

    ResponderExcluir
  3. Elton, é verdade, cada vez mais eu me certifico disso. Obrigada pela visita.

    Mé, querida, de fato uma maravilha enamorar-se de si mesmo. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Quando admiramos nossa transformação, caminhamos em direção a sabedoria.

    Beijo grande Lai

    Fico muito feliz que tenha gostado do meu cantinho \o/

    ResponderExcluir