8 de dezembro de 2009

Ás vezes eu fico só por querer, outras,
Me deixam só sem que eu queira
Aí eu escrevo, leio, e releio
E me reivento pra mim
Descrevo meus sentimentos
E me amarro sozinha à escrita
Como verbo que liga palavras
Num instante ausente de outros...

.Lai Paiva

9 comentários:

  1. A nossa ligação com a poesia faz-nos superar parte da solidão.

    Lindo, amiga!

    Vc, sempre generosa em meu blog, obrigadíssima.

    Beijos, linda!

    ResponderExcluir
  2. Lara querida, é isso mesmo, a poesia nos preenche certo vazio....

    Ah, vc merece cada comentário, e não é generosidade, é reconhecimento do seu talento. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Até que esses momentos que você fica "esperando" estão sendo de ótimo proveito para você escrever coisas tão lindas :D Bom pra gente que visita seu blog. Vou pensar 2 vezes antes de chegar na hora ;) Amo.

    ResponderExcluir
  4. Meu amor, tá certo, só cuidado pra eu não desistir da espera kkkkkkk bjs

    ResponderExcluir
  5. Mais um lindo argumento sobre seu pensamento poético. =)

    ResponderExcluir
  6. Ricardo, é verdade, é um argumento mesmo!!! Bj

    ResponderExcluir
  7. os teus verbos ligam poesias!

    :-)


    beijos

    ResponderExcluir
  8. sabe que é justamente nesse instante ausente de outros
    que a escrita é mais cheia de si?

    LINDA reflexão, Lai!
    Parabéns, viu...

    Um bjo, querida.

    ResponderExcluir
  9. Talita querida, obrigada, sempre. Muito bom dividir minhas reflexões com vc! Bjs

    ResponderExcluir